Erva-vaqueira (Calendula arvensis L.)

flora silvestre portuguesa

Espécie: Calendula arvensis L.
Divisão: Magnoliphytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae (compostas)
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes vernáculos: Erva-vaqueira, calêndula, calêndula-dos-campos, malmequer-dos-campos, vaqueira.
English name: Field marigold.

Tal como um simples pardal, a erva-vaqueira resiste destemidamente às quatro estações do ano. Na Primavera passa despercebida entre as suas vistosas vizinhas, mas é durante a metade escura do ano que a sua beleza singela mais se faz notar nos campos dormentes…

Identificação: Herbácea anual, com tendência à prostração. Muito ramificada. As suas folhas são inteiras, lanceoladas, de margem ondulada. Os capítulos floridos são de tonalidade amarela-alaranjada ou purpúrea com brácteas lineares e acuminadas. O seu fruto é um aquénio.

Tipo fisionómico: Terófito.

Distribuição: Comum em quase toda a Europa, com excepção do extremo Norte. Encontra-se disseminada no Norte de África e no Médio Oriente.

Habitat: Ruderais, ruínas, frequenta solos ripícolas, rupícolas, margens de florestas e campos abandonados.

Floração: Dezembro/Junho.

Princípios activos: Flavonóides, carotenóides, saponósidos triterpénicos, vitaminas e sais minerais.

Propriedades: Cicatrizante, dermoprotectora, febrífuga, sudorífera (folhas), vasodilatadora, emenagoga, antiespasmódica (flores), tónica e anti-séptica.

Partes usadas: Folhas e capítulos floridos.

Usos: O uso interno não é recomendado durante a gravidez e a amamentação. A erva-vaqueira é usada no tratamento de sintomas da menopausa, escaldões, ulcerações dérmicas, feridas e eczemas, amenorreia e dismenorreia (folhas). As flores são usadas como anti-séptico e fungicida. De um modo geral, a planta é empregue no alívio de sintomas gripais, como febrífugo e hipertensor. O suco das folhas é usado sobre picadas de insectos, gengivite, conjuntivite e furúnculos.

Formas de utilização: Infusão, cataplasmas, tintura.

Curiosidade: As flores da erva-vaqueira são muito apreciadas em sopas e saladas.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Asteráceas com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Erva-vaqueira (Calendula arvensis L.)

  1. Pingback: Asteraceae (Asteráceas/Compostas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s