Joinas-das-areias (Ononis spp.)

wild flowers

Espécie: Ononis ramosissima Desf.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Sinonímia: Ononis hispanica L. f. Raça ramosissima (Desf.) Samp.
Nomes comuns: Joina-das-areias. English name: Bush rest-harrow.

Esta fabácea, da sub-família das papilionáceas, pode ser encontrada ao longo da orla costeira, tanto na Península Ibérica como no Norte de África, mas também em diversos outros locais ao longo da faixa atlântica. As várias sub-espécies por norma coabitam, o que muitas vezes origina hibridismo, tornando difícil a sua identificação precisa.

Identificação: A O. ramosissima, a espécie mais abundante, é uma planta arbustiva que pouco ultrapassa cerca de 40 cm de altura. Muito ramificada, possui folhas pequenas, espessas, pubescentes e dentadas. Apresenta sépalas mais curtas que as pétalas e flores hermafroditas, geralmente de um amarelo muito vivo ou cor-de-rosa. As sementes são negras e lisas.

 A O. viscosa, conhecida geralmente como «joina-dos-matos», apresenta um crescimento tendencialmente mais erecto e distingue-se pelos dentes dos cálices, mais longos que o tubo, por vezes ultrapassando ligeiramente a corola, e pelas estípulas longas parcialmente soldadas aos pecíolos. Um dos exemplares encontrados na Vila de Parede é amarelo, enquanto o outro exibe uma invulgar tonalidade cor-de-salmão.

wild flowers

Espécie: Ononis viscosa L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Sinonímia: Ononis natrix l. ssp. hispanica (L. f.) P. Cout.
Nomes comuns: Joina-dos-matos.
English name: Rest harrow.

Nas arribas da Praia das Avencas existe uma O. mitissima, anual, mais conhecida por «unha-gata-macia» ou «gatunha», de flores rosa-claras reunidas em espigas terminais, o que ajuda a explicar o surgimento do exemplar cor-de-salmão na zona alta sobrejacente e contígua, bem como a possibilidade de existirem outros exemplares entre os dois locais assinalados.

Tipo Fisionómico: A espécie O. ramosissima é um nanofanerófito. As O. mitissima e O. viscosa são terófitos.

Distribuição: Península Ibérica, Norte de África, Baleares, Madeira e Canárias.

Habitat: Orlas marítimas, solos arenosos, matagais, ruderais.

Floração: Abril-Julho.

wild flowers

Espécie: Ononis mitissima L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes comuns: Gatunha, resta-boi, rilha-boi, unha-de-gato, unha-gata-macia, joina-das-areias.
English name: Rest harrow.

Princípios activos: Flavonóides, polifenóis, procianidinas.

Propriedades: Diurética, anti-reimatismal, aperitiva, anti-tússica e anti-inflamatória.

Partes usadas: Flores.

Usos: Inflamações da bexiga, tosse e constipações. Empregue sob a forma de xarope.

Gatronomicamnete, as flores e os rebentos podem ser consumidos em saladas. O consumo das raízes é igualmente reportado.

Curiosidades: Tendo em conta a facilidade com que o hibridismo ocorre entre as várias espécies de Ononis, não é de estranhar que por vezes surjam plantas com características invulgares e intermédias, como no caso do exemplar de flores cor-de-salmão.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Fabáceas com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Joinas-das-areias (Ononis spp.)

  1. Pingback: Fabaceae (Leguminosas/Fabáceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s