Giesta-dos-jardins (Spartium junceum L.)

flores silvestres

Espécie: Spartium junceum L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Fabales
Família: Fabáceas
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes comuns: Giesteira-de-Espanha, giesta-dos-jardins, giesta-comum, esparto.
English name: Weaver’s broom.

Por vezes confundida com a giesta-das-vassouras, à giesta-dos-jardins, embora algo tóxica, não faltam virtudes.

Identificação: Esta fabácea calcícola, de crescimento erecto, pode atingir cerca de 2 metros de altura. As sua folhagem é escassa e dispersa-se pelo caule. As folhas, de cerca de 3 cm de comprimento, são simples, lanceoladas/lineares, inteiras e glabras, sésseis ou pouco pecioladas. Os caules são cilíndricos e fibrosos. As flores, hermafroditas, de um tom amarelo-vivo, possuem um perfume muito característico e agradável. O fruto é uma fagem falsiforme e erecta.

Tipo Fisionómico: Microfanerófito.

Distribuição: Europa ocidental e mediterrânica, macaronésia e Turquia.

Habitat: Ruderais, locais soalheiros ou de semi-sombra.

Floração: Maio-Julho

Princípios activos: Citisina.

Propriedades: Diurética e purgativa.

Partes usadas: Caules e flores.

Usos: Por ser tóxica, o uso da giesta-dos-jardins está confinado à perfumaria e à indústria textil artesanal. O uso interno requer um conhecimento muito específico a nível da dosagem. Utilizada em casos de dores menstruais, úlceras estomacais e infecções renais. Seja qual for o seu uso, esta planta não deve ser preparada com utensílios de alumínio. Entre os possíveis efeitos secundários está a dimunição do ritmo cardíaco. Recomenda-se que a dosagem não ultrapasse uma colher de chá para um litro de água.

Curiosidades: Única no seu género, a giesta-dos-jardins foi usada durante a Segunda Grande Guerra tanto na produção de corda como de tecido.

Esta planta tem a capacidade de continuar a realizar a fotossíntese mesmo após a caducidade das folhas, através dos caules que se mantêm verdes durante todo o ano.

A sua polinização é entomófila e a sua dispersão é barocórica.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Fabáceas com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Giesta-dos-jardins (Spartium junceum L.)

  1. Pingback: Fabaceae (Leguminosas/Fabáceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s