Trigo-sarraceno ( Fagopyrum esculentum Moench.)

flora silvestre

Espécie: Fagopyrum esculentum Moench.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Caryophyllales
Família: Polygonaceae
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes vulgares: Trigo-sarraceno, trigo-mourisco.
English name: French wheat.

Sarracena ou mourisca, esta bela, nutritiva e terapêutica poligonácea chegou à Europa pelas mãos dos cruzados.

Identificação: Herbácea glabra, de caules avermelhados e finos, ramificados nos nós. Distingue-se pelas folhas macias, francamente sagitadas, inteiras, pecioladas (inferiores) ou sésseis amplexicaules (superiores). As flores, pentâmeras, branco-rosadas, hermafroditas, reúnem-se em panículas perfumadas. O fruto é uma cápsula piramidal.

Tipo Fisionómico: Terófito.

Distribuição: Originária da Ásia Central, encontra-se distribuída um pouco por toda a Europa, Norte de África, Médio e Extremo Oriente.

Habitat: Apesar de ser subespontânea na Europa, não é fácil encontrar exemplares fora dos terrenos onde é cultivado, mas por vezes surge em ruderais e até bermas de caminhos, locais rochosos como o local onde este exemplar foi encontrado.

Floração: Maio-Setembro.

Princípios activos: Fagopirina, vitamina P, quercitina, lisina, taninos, ferro, zinco, magnésio, manganês, selénio, fibras.

Propriedades: Nutritiva, adstringente, anti-cancerígena, venotónica, melífera e tintureira.

Partes usadas: Sementes e flores.

Usos: Muito utilizada gastronomicamente, quer como grão, quer como farinha. Para além de nutritiva, as sementes podem ser usadas em infusões. A sua inclusão na dieta previne a arteriosclerose, diabetes, doenças cardiovasculares, combate a obesidade e previne o cancro da mama, nomeadamente durante a menopausa.

Das sementes faz-se cerveja e das flores extrai-se um pigmento castanho, em tempos usado em tinturaria.

Curiosidades: Na Virgínia, EUA, existe um festival dedicado ao trigo-sarraceno.

Esta planta já era conhecida no Japão há mais de 6000 anos. Na Europa foi introduzida pelos Cruzados franceses e ibéricos, daí o seu nome vulgar ter ficado ligado, por um lado, aos povos islâmicos que ocupavam nessa época a Terra Santa, os Mouros ou Sarracenos, e, por outro, aos franceses (french wheat).

Durante muito tempo esquecido, o trigo-sarraceno voltou a estar na moda muito recentemente, devido a ser um alimento bem adaptado às necessidades da vida moderna.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Poligonáceas com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Trigo-sarraceno ( Fagopyrum esculentum Moench.)

  1. Pingback: Polygonaceae (Poligonáceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s