Amor-de-hortelão (Galium aparine L.)

flora silvestre

Espécie: Galium aparine L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Gentianales
Famíla: Rubiaceae
Sinonímia: Aparine hispida, Aparine vulgaris, Asterophyllum aparine, Galium charoides.
Nomes comuns: Amor-de-hortelão, raspa-língua, pegamaço, raspa-saias, erva-peganhosa.
English name: Goosegrass.

Preciosa erva maldita que se pega às saias…

Identificação: Herbácea de tendência escandente, erecta ou prostrada, e muito ramosa, caules de secção quadrangular revestidos por um indumento pegajoso, folhas verticilares (seis a nove por verticilo), lineares/oblanceoladas, de ápice aristado, de margem ciliada, mas não urticante, e igualmente pegajosas. As flores são hermafroditas, de quatro pétalas brancas, surgem ao longo do caule junto às folhas. O fruto acha-se revestido por sedas em forma de gancho para aderência ao pêlo dos animais (dispersão zoocórica).

Tipo Fisionómico: Terófito.

Distribuição: Europa e Norte de África.

Habitat: Ruderais, margens de caminhos, orlas de florestas.

Floração: Março-Junho.

Princípios activos: Glicósidos, vitamina C, princípio amargo, esperulósidos, cumarinas, ácido cítrico, ácido gálico e tanino.

Propriedades: Antiespasmódica, galactagoga, desintoxicante, anti-cancerígena, diurética, tónica, diaforético, febrífugo, vulnerária, hipotensiva e adstringente.

Partes usadas: Caules e folhas.

Usos: A infusão e a tintura são empregues em dietas de emagrecimento, no tratamento do bócio, do cancro, drenagem linfática, inchaço das glândulas linfáticas em caso de retenção de líquidos, e no tratamento de litíases renais. Externamente, o amor-de-hortelão é usado sobre eczemas, psoríase, seborreia e infecções urogenitais.

As folhas jovens podem ser adicionadas a sopas numa dieta de emagrecimento.

Curiosidades: As raízes desta planta também são tintureiras, fornecendo um pigmento vermelho.

As sementes torradas são o substituto ideal do café. As folhas secas possuem em aroma semelhante ao do chá.

Culpeper prescrevia o amor-de-hortelão como desintoxicante hepático a ser tomado na Primavera.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Rubiáceas com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Amor-de-hortelão (Galium aparine L.)

  1. Pingback: Rubiaceae (Rubiáceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s