Tanchagens-corno-de-veado (Plantago spp.)

flora silvestre

Espécie: Plantago coronopus L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Plantaginales
Família: Plantaginaceae
Sinonímia: Plantago coronopus L. for. canescens P. Cout.; Plantago coronopus L. for. perennans P. Cout.
Nomes comuns: Corno-de-veado, diabelha, diabinhos, corno-de-ganso, erva-pulgueira, erva-das-pulgas, engorda-ratos, estrela-mar, guiabelha, psílio, orelha-de-brebre-do-reino, zaragatoa.
English name: Buck’s-Horn Plantain.

Também chamada frequentemente de «corno-de-ganso» e «diabelha», eis outra tanchagem medicinal.

Identificação: O P. coronopus presenta caules muito finos, de arranque prostrado e crescimento erecto, não crescendo mais do que uns 50 cm. De folhas basais, prostradas, espatuladas e longas, de margem dentada variável e que geralmente lembram as hastes de um veado, formando uma roseta ampla. A inflorescência surge em forma de espiga densa e longa, de flores esverdeadas. O seu hábito valeu-lhe também o nome de estrela-mar.

Uma espécie afim, o P. marítima, vulgo «plantago-marítimo», muito semelhante, apresenta, no entanto, folhas basais não-arrosetadas, de crescimento erecto, mais finas e de margem tendencialmente mais inteira.

Tipo Fisionómico: Hemicriptófitos.

flora silvestre

Espécie: Plantago maritima L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Plantaginales
Família: Plantaginaceae
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes comuns: Corno-de-veado, diabelha, diabinhos, corno-de-ganso, erva-pulgueira, erva-das-pulgas, engorda-ratos, estrela-mar, guiabelha, psílio, orelha-de-brebre-do-reino, zaragatoa.
English name: Sea plantain.

Distribuição: Nordeste e Sul europeus.

Habitat: Margens de caminhos, ruderais e arribas costeiras

Floração: Quase todo o ano.

Princípios activos: Mucilagem (sementes), ácidos plantagínico e coronópico, resinas e óleo essencial.

Propriedades: Oftálmica, diurética, antibiótica, laxante e estomáquica.

Partes usadas: Folhas e sementes.

Usos: O seu uso mais comum é em casos de inflamação estomacal e hemorroidal, malária e prisão de ventre. Emprega-se sob a forma de tisana (decocção das sementes ou infusão das folhas).

As folhas têm uso alimentar quando cozinhadas e recolhem-se nos meses de Outono e Inverno.

As folhas da espécie P. marítima são apenas usadas como laxante.

Curiosidades: Na gastronomia italiana, as folhas destes plantagos são usadas na preparação da misticanze, uma salada feita à base de ervas silvestres misturadas em vegetais cultivados.

No Alasca, as folhas do plantago-marítimo (sea plantain) são enlatadas para consumo durante o Inverno.

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Plantagináceas com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Tanchagens-corno-de-veado (Plantago spp.)

  1. Pingback: Plantaginaceae (Plantagináceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s