Plantago-maior (Plantago major L.)

Espécie: Plantago major L. Divisão: Magnoliophytas Classe: Magnoliopsidas Ordem: Plantaginales Família: Plantaginaceae Sinonímia: Não encontrada. Nomes comuns: Plantago-maior, tanchagem, tanchais, erva-das-sete-linhas, tanchagena, erva-das-cinco-veias, erva-das-cinco-linhas, erva-das-sete-veias, erva-tanchagena, engorda-porcos, tanchagem-de-folha-larga, tintage, etc. English name: Plantain.

Espécie: Plantago major L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Plantaginales
Família: Plantaginaceae
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes comuns: Plantago-maior, tanchagem, tanchais, erva-das-sete-linhas, tanchagena, erva-das-cinco-veias, erva-das-cinco-linhas, erva-das-sete-veias, erva-tanchagena, engorda-porcos, tanchagem-de-folha-larga, tintage, etc.
English name: Plantain.

Habitante de locais húmidos e sombrios, o modesto plantago inspirou médicos e artistas ao longo dos tempos. Mais uma erva-daninha esquecida dos homens que em tempos lhe renderam homenagem…

Identificação: O seu tamanho pode variar bastante consoante as espécies e os locais onde cresce. As inflorescências sub-compridas, em torno das quais pendem as sementes, partem de uma roseta de folhas basais largas e glabras, lanceoladas, verde-claras e inteiras.

Tipo fisionómico: Terófito/hemicriptófito.

Distribuição: Europa, Norte de África e Ásia.

Habitat: Relvados, margens de caminhos, valas, jardins, orlas de florestas, matagais.

Floração: Junho/Agosto.

Princípios activos: Mucilagem (sementes), arabogalactano, pectinas, taninos, manitol e sorbitol, glucósido (aucubina), ácidos cítrico e oxálico, e glucomanana.

Propriedades: Anti-hemorrágica, adstringente, hemostática, vulnerária, cicatrizante, emoliente, febrífuga, diurética, depurativa, sudorífera, expectorante, saciante, laxante, oftálmica e descongestionante.

Usos: Em infusão é usada para problemas renais e de próstata. É emoliente, combate a asma, a tosse, o reumatismo, os eczemas, herpes e conjuntivites. Muito empregue em dietas de emagrecimento, uma vez que tem a capacidade de impedir a absorção de lípidos. Utiliza-se ainda em casos de hepatite, rinite, sinusite, gengivites, psoríase, queimaduras, úlceras, hemorroidal, bronquite, reumatismo e faringite. A seiva é usada sobre picadas de insectos.

A raiz, em particular, sob a forma de cataplasma ou tintura é usada em casos de otite e dores de dentes. As folhas podem ser destiladas, maceradas, infundidas ou decoctadas, podendo ser inclusivamente consumidas cruas em saladas ou adicionadas a sopas.

Curiosidades: À semelhença da tanchagem-menor, também as sementes do plantago-maior são muito apreciadas pelos pássaros. Existem mais de 400 espécies de plantago. Este seu nome remete-nos estranhamente para o formato de um pé.

Albrecht Dürer retratou esta planta numa pintura a óleo intitulada Das Grosse Rasenstuck, “O molho de erva”, 1503.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Plantagináceas com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Plantago-maior (Plantago major L.)

  1. Pingback: Plantaginaceae (Plantagináceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s