Urtigão (Urtiga membranacea Poir.)

flora silvestre

Espécie: Urtiga membranacea Poir.
Divisão: Magnoliphytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Rosales
Família: Urticaceae
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes comuns: Ortigão, urtigão, urtiga, ortiga, urtiga-vivaz, urtiga-maior.
English name: Nettle.

«Nettles may be found by feeling for them in the darkest night.»

Nicholas Culpeper (século XVII)

Identificação: Quase não precisa de apresentação. As suas folhas e caules extremamente urticantes denunciam a sua presença. De crescimento erecto, raramente ultrapassa os 50 cm de altura. Possui folhas alternas, ovadas, de ápice agudo e margem serrada, muito ásperas. As flores surgem em rácimos terminais finos e longos, de tonalidade acastanhada. O fruto é um aquénio.

Tipo Fisionómico: Terófito.

Distribuição: Vulgar no hemisfério norte.

Habitat: Ruderais, margens de caminhos, orlas de floresta, ripícola.

Princípios activos: Ferro, cálcio, vitaminas A, C, B2 e B5, lectina, polissacarédeos e ácidos gordos, betaína, glicerol, histamina, nicotina, ácido fórmico, escopoletina, lecitina, fitosterol, violaxantina, etc.

Propriedades: Anti-inflamatória, hipotensora ligeira, rubefaciente, anti-seborréica, anti-séptica,  diurética, anti-queda de cabelo, anti-caspa, hemostática, bactericida, hipoglucemiante, anti-reumatismal e aromática.

Partes usadas: Folhas jovens, seiva, inflorescências e raízes.

Usos: As folhas jovens podem ser consumidas em sopas e chás, para além de terem propriedades rubefacientes, diuréticas e anti-inflamatórias. As raízes são prescritas para o tratamento do edenoma prostático. A infusão das partes aéreas tem acção anti-reumatismal, anti-asmática e anti-inflamatória das vias urinárias. Usada para atenuar sardas e manchas de pele, sobretudo as causadas pelo sol.

A seiva é utilizada na preparação de champôs, sabonetes, desodorizantes e pastas dentífricas, bem como aromatizante natural.

Curiosidades: Uma forma por vezes eficaz de colher esta planta com as mãos nuas é sustendo a respiração. O efeito urticante desaparece com o cozimento, todavia deve ser coada através de um pano de linho de forma a reter qualquer vilosidade.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Urticáceas com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Urtigão (Urtiga membranacea Poir.)

  1. Pingback: Urticaceae (Urticáceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s