Tanchagem-menor (Plantago lagopus L.)

flora silvestre

Espécie: Plantago lagopus L.
Divisão: Magnoliophytas
Classe: Magnoliopsidas
Ordem: Plantaginales
Família: Plantagináceas
Sinonímia: Não encontrada.
Nomes comuns: Tanchagem, orelha-de-lebre, língua-de-ovelha, erva-da-mosca, tanchagem-pata-de-lebre, olho-de-cabra, carrajó, tanchagem-das-boticas, calracho, chinchagem, tanchagem-menor, chantege, tanchagem-ordinária, tanchagem-terrestre.
English name: Plantain.

A tanchagem já gozou de maior consideração no passado devido às suas propriedades medicinais. Actualmente passa muito despercebida nas margens dos caminhos e entre as demais ervas do campo. Melhor seria que em vez de a pisarmos nos passeios, nos inclinássemos sobre ela e a reverenciássemos.

Identificação: Apresenta caules muito finos, não crescendo mais do que uns 40 cm. De folhas ovaladas, grandes e um pouco espessas, o que contrasta com o caule. Inflorescência em forma de espiga, algo que a distingue. Na Vila de Parede foi igualmente identificada a sua congénere P. lanceolata, de espigas maiores, de ápice mais agudo, e folhas também maiores.

Tipo Fisionómico: Terófito/ hemicriptófito.

Distribuição: Europa/Ásia.

Habitat: Campos, ao longo dos caminhos, terrenos baldios, lameiros.

Floração: Maio/Outubro.

Princípios activos: taninos, flavonóides (apigenina), mucilagem, glicosídeos, ácido silício, ácido palmítico, ácido esteárico, ácido oleico, vitamina C, vitamina K, betacaroteno, aldeídos.

Propriedades: Anti-bacteriana, antibiótica, calmante, oftálmica, febrífuga, expectorante, cicatrizante, anti-tússica e drenante.

Partes usadas: Folhas, raízes e cápsulas.

Usos: A infusão de tanchagem possui propriedades anti-bacterianas. As sementes só devem ser colhidas em Agosto quando as espigas se apresentam totalmente castanhas. As folhas devem ser colhidas logo no Solstício de Verão e postas a secar à sombra. Uso tópico-cutâneo, tópico-ocular e descongestionante. Também empregue em mordeduras de serpente e como forragem. As folhas esmagadas são usadas directamente sobre feridas e varizes. Suavizante intestinal em casos de gastrite e prisão de ventre. Utiliza-se sob a forma de tinturas, infusões e emplastros. As sementes podem ser farinadas e adicionadas a outras farinhas.

Curiosidades: A tanchagem-menor é em tudo semelhante à tanchagem-maior, são ervas irmãs. Uma antiga lenda refere que esta planta foi em tempos uma jovem mulher que de tanto esperar o seu amado se transformou num vegetal.

Dela obtém-se um pigmento amarelo-dourado que pode ser usado em tinturaria.

As suas sementes acalmam as aves canoras.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Plantagináceas com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a Tanchagem-menor (Plantago lagopus L.)

  1. Pingback: Plantaginaceae (Plantagináceas) | Herbalist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s